Descrição

Numa paisagem agreste e de altitude, a criação de gado ovino e caprino surge naturalmente. As ovelhas e as cabras não só asseguravam como asseguram um rendimento mais ou menos seguro pela venda de crias, como abasteciam as famílias de leite e carne. Mas num Concelho de Invernos rigorosos e de actividades económicas que obrigavam a percorrer os cumes das serras, a ovelha fornecia ainda uma importante matéria-prima, a lã. A lã dava resposta a quase todas as necessidades de vestuário da população capas, calças, meias, gorros, mantas, cobertores entre outros.

Atualmente, a lã é utilizada essencialmente para produzir artigos para o lar e vestuário, tais como mantas, tapetes, meias, gorros e capas. Na aldeia de Agra, a lã é ainda processada de forma tradicional. O processo do ciclo da lã envolve várias etapas, desde a tosquia das ovelhas (que ainda é feita manualmente) ao tear, a lã é trabalhada de forma tradicional, obtendo assim artigos únicos e genuínos.