Descrição

Com mais de 300 anos, o lagar de azeite de Vilarchão foi recentemente recuperado conservando toda a sua maquinaria original, o que permite ainda produzir azeite através do método tradicional, em que a força da água é a força motriz. Tratava-se de um lagar de tipo comunitário, isto é, qualquer pessoa que tivesse azeitona poderia trazê-la a este lagar e transformá-la.

Actualmente pertence à Junta de Freguesia de Vilarchão e integra a Rota do Património Industrial do Vale do Ave.