ATIVIDADES

– Aldeia de Agra com visita à exploração e passeio a cavalo

– Almoço regional

– Visita à aldeia de Campos e Lamalonga, com atividade do pão no forno comunitário

– Lanche tradicional no parque de merendas de Carvalhal do Esporão

Situadas em pleno coração da Cabreira, as aldeias de Agra, Campos e Lamalonga seduzem aqueles que as visitam e despertam-lhes a vontade de voltar.

São os cenários perfeitos para quem gosta de usufruir da natureza e dos prazeres simples da vivência do mundo rural. Percorrer as pequenas ruelas dessas aldeias é encontrar em cada recanto a simplicidade e o jeito afável dos habitantes, o granito das habitações e dos muros que ladeiam as propriedades e campos, as casas de lavradores, as eiras, os espigueiros, as alminhas, os cruzeiros, os moinhos, e ainda os usos e costumes do Minho tradicional.

Estas aldeias foram palco de um processo de requalificação e recuperação de edifícios de traça tradicional, tendo em vista a criação de unidades de turismo em espaço rural e restaurantes, o que permitiu revitalizar o tecido económico rural, preservar tradições e contribuir para a manutenção do património edificado.

– A aldeia de Agra, classificada como Aldeia de Portugal, situa-se na freguesia de Rossas, a sul do perímetro florestal da Serra da Cabreira. É banhada pelo Rio Ave, o que lhe confere um cenário paisagístico excecional. Entre as casas de granito, serpenteiam as ruelas íngremes e plenas de memória que desembocam no largo principal junto a Igreja Paroquial de São Lourenço. O Rio Ave, que tem a sua nascente no alto da Serra da Cabreira, proporciona cascatas e lagoas límpidas e refrescantes, convidando caminheiros ao descanso e a um mergulho.

Pontos de Interesse: Moinhos, Ponte de Parada, Oficina de Artesanato Arte-Agra, Alminhas, Cruzeiro (1857), Espigueiros, Casas tradicionais, nomeadamente, as casas de Fundevila (1803), do Cruzeiro (1879), das Cortinhas (1678) e do Cabo (1748).

    

– Pertencente à freguesia de Campos, terra de transição entre o Minho e Trás-os-Montes, Campos é uma aldeia tipicamente rural implantada na encosta norte da Serra da Cabreira, a cerca de 820 metros de altitude. Esta aldeia, certificada como Aldeia de Portugal, ocupa uma área de 1313 hectares e é habitada por cerca de 95 habitantes, sendo a maioria de idade avançada. Esta localidade ostenta um legado patrimonial e um cenário paisagístico que impressionam qualquer visitante. O “Forno do Povo”, os inúmeros espigueiros e o moinho testemunham um passado profundamente marcado pelo comunitarismo e pela agricultura de subsistência. A aldeia viveu um período próspero aquando da exploração do volfrâmio durante a Segunda Guerra Mundial. Ainda hoje são visíveis alguns vestígios desta época dourada.

Pontos de Interesse: Igreja de São Vicente de Campos, Forno Comunitário, Cruzeiro, Alminhas, Quebrada (ruínas de volfrâmio, ponte e praia fluvial), Ribeira da Lage, Albufeira da Venda Nova.

CONDIÇÕES

– Mín. 4 pessoas / 35 euros por pessoa

– Marcação prévia com mínimo de 48h, sujeito a disponibilidade

– Confirma a disponibilidade através do e-mail comercial@vieiraminhoturismo.com , ou pelo telemóvel 925 973 100.

– Solicita-se um sinal de reserva como garantia, pago por transferência bancária.

– O preço apresentado é por pessoa e inclui: visitas, guia, transporte, almoço e lanche.

– O programa poderá estar sujeito a alterações, caso não se verifiquem as condições necessárias à realização do mesmo.

– Não acumulável com outras promoções.

– Não se aceitam devoluções.

– Não inclui qualquer despesa não mencionada no programa.