Portal de Turismo de Vieira do Minho

Imagem de Fundo

Pedra Escrita

Informação Útil

Pedra Escrita

Nas proximidades dos limites de Cantelães, Pinheiro e Ruivães, marginando o antigo caminho carreteiro que ligava Cantelães a Ruivães, pela Serradela, existe um importante conjunto de gravuras rupestres, que deu origem ao nome com que se designa o local – Pedra Escrita, gravado num extenso painel vertical do afloramento granítico aí existente.
Gravados maioritariamente por abrasão, com sulcos mais ou menos profundos, estão representados motivos cruciformes (cruzes simples ou inscritas em círculo, cruz “de Cristo”, cruz sobre peanha), motivos circulares e alguns letreiros com datas desde o século XVIII.
A existência de datas e de cruzes sugere tratar-se de gravações relacionadas com verificação de limites, isto é, com delimitação de termos, prática usual desde a Idade Média.
Sem quaisquer outros elementos de contextualização, poderá colocar-se a hipótese das gravações na rocha testemunharem uma acção repetida de demarcação dos limites territoriais.

Fontes, L., Roriz, A. Património Arqueológico e Arquitectónico de Vieira do Minho, p.57

Como chegar:

Google maps